Recaatingamento

18/07/2011

Ocupação do Semiárido com gado bovino é um dos fatores que levaram à devastação da caatinga

por

Quando os portugueses chegaram ao Brasil encontraram populações nativas convivendo em harmonia com a natureza. A partir de 1530, começaram a dizimar essas populações, chamadas de índios, para a conquista e a exploração da terra e seus recursos naturais, no entanto no início tudo se dava no litoral.

No Semiárido, as mudanças mais drásticas começaram por volta de 1640, através do Rio São Francisco, quando os portugueses trouxeram os bois para abastecer de carne e couro, as cidades e as fazendas de cana-de-açúcar do litoral. A criação de gado bovino foi uma das primeiras formas de ocupação não apropriada do Semiárido, seguida pela derruba de longas áreas de caatinga e o domínio do latifúndio.

O boi é um animal de grande porte, que consome 53 litros de água por dia e come a quantidade de pasto suficiente para alimentar oito cabras. Embora tenha sido introduzido na região há mais de 300 anos, não se adaptou bem ao clima, por essa razão a imagem de vacas caídas nos períodos de longa estiagem sempre foi comum e a carcaça de um boi morto se tornou um dos símbolos da seca no nordeste.

Para se criar gado, em geral se derruba longas extensões de caatinga para plantar capim, base da alimentação dos bovinos. No entanto, em poucos anos essa área torna-se infértil, iniciando a desertificação, onde não nasce mais capim e também não volta a existir a vegetação nativa.

Atualmente cerca de 50 % da caatinga já foi totalmente devastada e de acordo com o Ibama, aproximadamente 80 % da região já sofreu alterações drásticas pela ação humana. Por essa razão, é necessário a adoção de práticas de recuperação ambiental, a exemplo do que está sendo proposto pelo Projeto Recaatingamento em sete municípios do norte da Bahia. A iniciativa executada pelo Irpaa, conta com o patrocínio da Petrobras e tem atuado na recuperação de áreas degradadas na caatinga, numa parceria com comunidades agropastoris e extrativistas.

DoDesign-s Design & Marketing

Realização:

Parceria:

Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada – IRPAA DoDesign-s Design & Marketing
» Recaatingamento. Bahia, Brasil . Telefone: (74) 3611-6481. Fax: (74) 3611-5385 . Fazer login